POSIÇÕES DAS MÃOS   

 


 

          Posições das Mãos

Os esquemas de imposição das mãos foram criados pelo Mestre Hayashi para tornar o Reiki mais didático e existir maior praticidade na transmissão da energia no corpo humano. Foram elaborados para ajudar na execução do processo de cura nas áreas apropriadas, mostrando como proceder ao toque.

                           As posições são usadas para aprender como aplicar o Reiki em si e em outra pessoa  e para  o sincronismo de sua sessão.

                              Deve durar em média de 3-5 minutos em cada posição, para permitir a transmissão da energia e facilitar sua penetração, antes de mover-se para região seguinte.

                             Assim, usando o esboço,  você calculará a média de 45 minutos a uma hora por sessão.

                           A reação mais comum em um tratamento de Reiki é um sentimento de relaxamento e de tranqüilidade.

                          Recordemos que o Reiki fará o que determina a energia de cura, que é  necessária no processo de harmonização, independente do que o terapeuta ou o cliente possam pensar sobre ela. Entretanto, mais freqüentemente,  quando se está tratando alguém com um problema específico, o Reiki dirigir-se-á àquela área mais eficazmente.

                          Há  momentos em que você pode imaginar que nada está acontecendo ou energia alguma está fluindo, porém isto comprovadamente não é verdade. Esteja seguro que as mudanças ocorrerão.

                        O toque usado deve sempre ser delicado, nenhuma pressão é requerida.

                       Recordemos também que nunca há uma necessidade de despir o cliente para receber o Reiki.

                       Alguns mestres podem lhe ensinar, que é CERTO tocar nas partes íntimas do corpo do cliente ao tratá-lo, porém  não utilizamos deste método.

                      Não  há qualquer necessidade de recorrer ao toque em áreas sensíveis ou íntimas em  uma sessão de cura (pois pode causar embaraços ou constrangimentos desnecessários); todos sabemos que existe a opção de trabalhar no campo etéreo, acima de tais áreas.

                       A prática de Reiki não licencia o profissional a fazer diagnósticos ou recomendar tratamentos para doenças específicas.

                       Um simples aconselhamento inadequado pode provocar danos ao ativar traumas emocionais, que podem não ser benéficos, podendo render problemas legais. 

                      Uma coisa que está se tornando cada vez mais comum é a separação do Reiki de outras modalidades.  Com isto queremos dizer que não se use nenhum tipo de movimento com as mãos durante a sessão. As mãos do terapeuta são mantidas paradas. Ao mover-se de uma posição para outra,  abstemo-nos de usar qualquer movimento que se assemelhe a uma aplicação de massagem ou manipulação física.

                    As mãos são sempre lavadas ou desinfetadas antes e depois de cada sessão.

                   Sempre pensando na possibilidade de germes normais serem transferidos através de contatos pessoais. É também comum que nossas mãos liberem odores de coisas que nós tenhamos tocado.

                  Algumas vezes esses odores podem ser desagradáveis aos outros.

                   Por exemplo: A mão de um fumante cheira. Itens alimentares como cebolas carregam fortes odores. Outro aspecto de grande valia, na questão da lavagem das mãos, é o fato de que após uma aplicação de Reiki, poderemos reter miasmas sutis de nossos clientes, que são aspectos energéticos deletérios.

 

                    As mãos também podem ser colocadas diretamente em qualquer área do corpo, conforme a intuição, para facilitar a aplicação da energia em áreas determinadas.

                     As queimaduras, as erupções ou brotoejas e as lesões abertas, naturalmente nunca são tocadas.  

 

 

                    Relaxe, aplique e permita que a energia apenas flua, ela sabe onde deve ir.

 

                   Pode ser benéfico recordar que a energia de Reiki flui não apenas através das mãos, mas também através do campo aurico do aplicador atingindo o cliente,  assim alcançando rapidamente as suas necessidades, não importando sua posição.  As posições das mãos são naturalmente  muito aliviadoras ao cliente e criam um sentimento de conforto e de bem estar que é uma razão excelente para se utilizar o "toque", respeitando-se os limites descritos acima.

  

 

 

 

 

Reiki do Brasil - Todos os Direitos Autorais

® 2005 - Reiki do Brasil